Participação do Projecto escolar “Bandas de Garagem” no VIII ENCONTRO DE JOVENS DAS ESCOLAS GALEGAS ASSOCIADAS DA UNESCO

Enquadrada no Projecto Atlântico das Escolas Associadas da UNESCO, “CULTIVAR A PAZ”, realizou-se a participação do Agrupamento de Escolas Aquilino Ribeiro no VIII ENCONTRO DE JOVENS DAS ESCOLAS GALEGAS ASSOCIADAS DA UNESCO, que decorreu dias 14 e 15 de Novembro 2019, em Pontevedra, Espanha, a convite da Coordenação das Escolas da Rede UNESCO da Galiza.

Representaram o Agrupamento 10 alunos que compõem uma das Bandas de Garagem e, entre 280 estudantes de nove escolas galegas, uma de Alcoi (Alicante) e dois conservatórios de Música, apresentaram o Projecto “Bandas de Garagem” da Escola Básica e Secundária Aquilino Ribeiro, coordenado pelo professor de Educação Musical Pedro Ochoa, mostrando como a Música pode ser instrumento de Paz e Coesão Social.

Foi um intercâmbio cultural muito enriquecedor: além de cativarem a plateia com a sua actuação (até assinaram autógrafos!), puderam conhecer os projectos de outras escolas de Espanha e, nas palavras dos nossos jovens, “foram dias inesquecíveis”, pois no tempo que estiveram fora do país foram acolhidos, tal como os alicantinos, em casa das famílias dos seus colegas pontevedrenses, ganhando para a vida novos contactos e prováveis amizades.

No fim do Encontro receberam o Diploma de Participação e ainda tiveram oportunidade de conhecer o Instituto de Enseñanza Secundaria Luís Seoane (uma das escolas da rede UNESCO com a qual existem laços de parceria e cooperação de há longa data), assistir a uma aula de música e receber presentes da mão do Director.

Assim se pratica a educação para a Cidadania Global, para a Paz e o Desenvolvimento Sustentáveis.

Projecto E-TIJOLO

Nova vida para resíduos urbanos: Reutilização e Reciclagem de beatas de cigarro

Juan Diego Henriques, engenheiro mecânico no Instituto de Soldadura e Qualidade (ISQ) a funcionar no polo tecnológico Taguspark, vizinho à Escola, veio na manhã de 8 Novembro apresentar aos alunos do Secundário do Curso de Ciências e Tecnologias o protótipo do E-tijolo, um bloco modular sustentável para construção, criado a partir da reutilização e reciclagem de beatas de cigarro.

Foi explicado aos presentes que este é um projecto inovador que integra na composição dos tijolos tradicionais as beatas de cigarros, com vantagens para a construção e para o ambiente:

– é um produto mais leve

– com melhores propriedades de isolamento

– com redução do consumo de energia necessária para a sua produção

– permite construções mais sustentáveis

– e municípios mais verdes

Uma parceria Núcleo da UNESCO e ECO-ESCOLAS

Sessão de Contos com Edite Gil

A Biblioteca da Escola Aquilino Ribeiro tem o prazer de convidar toda a comunidade escolar a participar de uma sessão de contos dinamizada pela contadora de histórias, jogral e poeta, Edite Gil a realizar no espaço da biblioteca, dia 22 de Novembro, pelas 21:30.

Natural de Lisboa, mas com profundas raízes no Alentejo e infância em África, Edite Gil é projectista, poeta e contadora de histórias – recebeu do seu avô o gosto pelo conto tradicional oral – participa ainda em grupos de poesia e orienta grupos de jovens na arte de dizer.

Pelo conto, diz: “É às memórias do sangue, que acorro para recontar o que ouvia e, não sei se por encanto ou por magia, revejo os meus avós em cada conto, os seus olhares, seus trejeitos, seus gestos, sorrisos e suas vozes… Regresso aos colos, e sou feliz quando conto…”

Venha ouvir e participar desta felicidade

Por uma questão de gestão do espaço agradeço a reserva para o mail – biblioteca@aearibeiro.edu.pt – com a indicação de quantos participantes o acompanharão.

Já somos uma “Escola Electrão”!!!

A “Escola Electrão” é um projecto do Electrão, lançado pela primeira vez no ano lectivo de 2008/2009. O objectivo é sensibilizar e envolver professores, alunos, funcionários, pais e comunidade em geral, no esforço da reciclagem, com a recolha de equipamentos eléctricos e pilhas usadas.

Para além de contribuírem para a protecção do ambiente, as escolas que mais recolherem recebem prémios.

Vamos dar nota máxima à reciclagem!

Sophia de Mello Breyner no 1º ciclo

No âmbito da comemoração do centenário de Sophia Andersen, dia 8 de novembro, realizar-se-ão várias atividades entre as diferentes turmas/escolas do primeiro ciclo e pré-escolar do nosso agrupamento, sendo o programa das actividades o seguinte:

EB1/JI de Porto Salvo (PS)

1.º ANO – Visionamento de um filme animado em stop motion da adaptação do conto “A Menina do Mar” e elaboração de um painel coletivo sobre esse conto, com a colaboração de todas as turmas.

2.º ANO – Cada turma, realizará uma atividade (2.º A – Jogo de tabuleiro; 2.º B – Cartaz das personagens da história; 2.º C – Menina do Mar em 3D; 2.º D – Bibliografia da autora) que apresentará a outra turma do mesmo ano.

3.º ANO – 13:30 às 14:30, elaboração de um painel coletivo sobre o conto “A Menina do Mar”, com a colaboração de todas as turmas.

4.º ANO – 14:30 às 15:30, leitura interturmas de excertos de várias obras de Sophia Andersen

EB1/JI de Pedro Álvares Cabral

1.º, 2.º, 3.º e 4.º ANOSVisionamento de um filme animado em stop motion da adaptação do conto “A Menina do Mar” e elaboração de um painel coletivo com a colaboração de todas as turmas. 

EB1 de Talaíde

1.º, 2.º e 3.º ANOS – Elaboração de um painel coletivo.

4.º ANO – Apresentação de uma peça de teatro, realizada a partir de um resumo escolhido dos elaborados pela turma A do 4.º ano, da EB17JI de PS, às outras turmas da escola.

Até ao dia 8 de novembro serão realizados os resumos do conto “A Menina do Mar” pelos alunos do 4.º ano e construídos os respetivos cenários e personagens.

No JI serão manuseadas as personagens de acordo com os resumos elaborados pelos alunos, serão filmados e elaborados pequenos filmes que logo que possível serão visualizados por todos e divulgados na App do Agrupamento.

Com os trabalhos elaborados será realizada uma exposição itinerante.

Halloween, Concurso de Fotografia

Por incrível que possa parecer, o Halloween não é uma tradição original americana. Foi criada na Europa há mais de 2 mil anos pelo povo Celta, e reza a lenda que de dia 30 de outubro a 2 de novembro os mortos voltavam a povoar a terra! As pessoas só se atreviam a sair à rua mascaradas de assombrações, para passarem despercebidas

Depois da tradição ter passado para o outro lado do oceano, no dia 31 de outubro, um pouco por todo o mundo, as casas ficam assombradas, fantasmas ganham vida, as bruxas pegam nas vassouras e os vampiros deixam os caixões para trás – tudo para se juntarem à noite mais assustadora do ano.

Em Portugal esta tradição tem ganho adeptos de ano para ano. Antigamente celebrava-se o “Pão por Deus” – agora os mais pequenos também já perguntam “Doçura ou Travessura?” no Dia das Bruxas. A apropriação do Halloween em Portugal é o resultado da globalização e enquadra-se no que tem vindo a acontecer com outras festividades, como o Carnaval por exemplo

O Agrupamento de Escolas Aquilino Ribeiro, no âmbito da oferta formativa que engloba o curso de Animação Turística, pretende celebrar esta data através da criação de um desafio, dirigido a todos os alunos, com o tema “Fotos de Gritos”