Treinar em casa

O treino de atletas de competição nem sempre se compadece com limitações de espaço e tempo aos quais o desportivo possa estar sujeito.

A forma física é um estado temporário de curta duração e que exige um trabalho constante e muito bem planeado. Por vezes, a mais pequena falha no planeamento, seja por impedimento do atleta, das instalações onde habitualmente treina ou por outra razão, são motivo mais que suficiente para que a forma física pretendida não aconteça, ou não aconteça no momento para o qual era desejada.

Não estamos a falar de atletas de topo, apenas, mas de qualquer um que se dedique à pratica uma atividade física com carácter competitivo.

Numa situação com a que vivemos atualmente e, apesar de já termos iniciado a fase de desconfinamento, onde, obedecendo a certas regras e cuidados, já nos é permitido sair de casa; a manutenção da forma física dos nossos alunos/atletas envolvidos nas competições do Desporto Escolar, pode ser executada a partir de casa, ou de um espaço público como um jardim ou pequeno pátio.

Na grande maioria dos casos não será sequer necessário materiais auxiliares, mas se o for, ele pode ser substituído por coisas que temos em casa (sejam latas de salsichas, garrafas de água, sacos de arroz ou açúcar (por abrir), garrafões de água, ou qualquer ouro objeto que a nossa imaginação encontre e que permita substituir aquilo que usualmente usamos no treino.

O vídeo que se segue foi preparado e realizado pelos professores Luís Castro e Fernando Pais tendo em vista os atletas do Desporto Escolar da modalidade de Andebol Masculino, mas não é exclusivo para estes atletas desta modalidade. Digamos que se destina a todos os que desejarem aplicá-lo e que se sintam capazes de o fazer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *